• rsalvadorfisio

O alívio da dor crónica é uma verdade


Dor crónica é uma dor prolongada no tempo, usualmente assim designada após 3 meses de existência. A dor é um alarme, programada para nos alertar das alterações fisiológicas internas e dos perigos ao nosso redor, mas é um alarme complexo.


Alerta nerd

Esta dor pode ser neuropática, nociceptiva, psicossomática (psicológica) e idiopática. No entanto isto são apenas definições teóricas, porque na verdade a dor crónica é um fenómeno de várias camadas e com uma complexidade fisiológica acima do nosso entendimento cientifico atual.

Pior dor da vida

A dor crónica degrada a qualidade de vida, altera as suas capacidades funcionais, afeta o bem estar psicológico e as relações interpessoais. Afeta muitas vezes a qualidade do sono, a atividade laboral e as relações sexuais. Por fim, a dor crónica é ainda um fardo financeiro substancial para a sociedade.


E agora?

Em suma, a dor crónica é a dor que veio para ficar .... mas só se assim quisermos acreditar. Na prática existem diversos métodos de gerir este problema sem recorrer a medicação e que muitas vezes resultam na sua resolução completa. Chamamos a esta dor “Já não me lembro do que me doía”.

E os métodos são simples: Consciencialização, Interpretação, Movimento. Através da ajuda do profissional adequado, consciencializar sobre os possíveis mecanismos da dor, interpretar o que pode e deve ser feito e toca a mexer!! Pois é o movimento a peça fundamental, é o movimento seletivo que permite ao corpo reinterpretar as suas capacidades e aos poucos apagar a dor.

83 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo